[Resenha] Anjo Mecânico

Anjo Mecânico
Páginas: 390
Formato: 16x23cm
Preço: R$39,90
Onde Comprar:
Livraria Saraiva
Livraria Cultura
Autora: Canssandra Clare
Editora: Galera Record
ISBN: 9788501092687
Ano: 2012
Gênero: Jovem-Adulto, Aventura
Nota: ★★★★★
Sinopse:
Anjo mecânico apresenta o mundo que deu origem à série Os Instrumentos Mortais, sucesso de Cassandra Claire. Nesse primeiro volume, que se passa na Londres vitoriana, a protagonista Tessa Gray conhece o mundo dos Caçadores de Sombras quando precisa se mudar de Nova York para a Inglaterra depois da morte da tia. Quando chega para encontrar o irmão Nathaniel, seu único parente vivo, ela descobrirá que é dona de um poder que capaz de despertar uma guerra mortal entre os Nephilim e as máquinas do Magistrado, o novo comandante das forças do submundo.
Anjo Mecânico é o primeiro volume da série As Peças Infernais, ambientado no universo de Instrumentos Mortais, porém que ocorre anos atrás, na era vitoriana.

Tessa Gray perdeu sua tia e não tem mais nenhum parente vivo além do seu irmão, Nate. Ela embarca numa viagem de Nova York até Londres para encontrá-lo, mas as coisas começam a dar errado desde então. Na fria e cinzenta Londres, ela descobre um mundo que nunca cogitou existir e, pior, faz parte dele.
Devido ao seu poder – recentemente descoberto – de se transformar em outras pessoas e ter acesso às suas mentes, ele é posta em perigo sequestrada por duas irmãs, as Irmãs Sombrias, que lhe forçam descobrir o seu poder e a prepara para o Magistrato, que tem poder e sua identidade escondida. Ela não tem escolha, ou então seu único irmão morre.
Resgatada pelos Caçadores de Sombras e abrigada no Instituto de Londres, Tessa descobre um pouco mais sobre o mundo que lhe cerca e o quanto as questões que envolvem o coração podem ser perigosas.

Eu adoro Instrumentos Mortais e todo o seu enredo, o submundo e a fantasia criada por Cassandra. Sendo assim, comprei Anjo Mecânico com a plena certeza que amaria a trama. Certamente, amei.

Instrumentos Mortais tem foco nos caçadores, nos seus problemas, suas habilidades, seu lado; em As Peças Infernais, descobrimos outro lado do submundo e dos humanos. Gostei disso, amei na verdade, porque a primeira série ficou muito presa nas questões dos Nephilim. Tessa descobre que tem poderes e muitos problemas e ser integrante do submundo não é fácil.
O Submundo é o mundo que os mundanos não vêem, mas que está lá, convivendo com eles. Os integrantes do submundo são todos os seres das lendas que tanto ouvimos: vampiros; fadas; lobisomens; demônios; e feiticeiros. Os mais perigosos(tende a ser bem relativo) são os demônios, mas, por incrível que pareça, os demônios não assombraram tanto assim as páginas de Anjo Mecânico.

Tessa foi uma ótima personagem, que apesar de toda mudança e confusão em sua vida, o livro não é repleto de lamentações. Devo adicionar que ela não é como a Clare, que parte em aventuras loucas com o Jace, pois ela não é uma caçadora, mas,ainda assim, tivemos muita ação por parte dela. Claro, por causa de Will e Jem também!

Will Herondale me lembrou Jace (entende-se amei muito). <spoiler enorme de Cidade de Vidro>É de família, pelo visto, uma vez que Jace é um Herondale.</spoiler> Ele é temperamental, volátil, não evita dizer o que pensa, pelo menos não normalmente, e é extremamente habilidoso, do tipo insano. Will esconde segredos sobre o seu passado e, apesar de tudo, é solário.

Jem Carstairs é cativante e sábio, que sempre sabe as palavras certas para acalmar. Apesar de não ter a natureza boêmia de Will, os dois são grandes amigos e formam uma dupla incrível. Mas nosso Jem esconde um segredo também.

O vilão da história é o misterioso Magistrato, que é uma pessoa poderosa e realmente perigosa. Para quem já conhece a escrita da Cassandra, sabe que ela não entrega os pontos tão facilmente, então a identidade do vilão fica escondida por um tempo, e enquanto isso só nos sobram especulações.

Temos dois personagens que aparecem em Anjo Mecânico e em Instrumentos Mortais: Magnus Bane e a vampira Camille. Magnus não aparece tanto como em Cidade dos Ossos, mas com certeza aparecerá mais, porque como sempre sua participação é extremamente importante. Camille não aparece nos três primeiros livros de Instrumentos Mortais, mas temos referência e ela surge na trama a partir do quarto livro. Como os dois personagens estão interligados, acredito que Camille também apareça um pouco mais nos próximos volumes.

A narração de Cassandra Clare é única, porque mesmo em terceira pessoa, sinto que é de primeira. Não sei explicar como, mas ela consegue exprimir sentimentos e experiência de todos os personagens, de uma forma magnífica e fluída. Incrível? Eu sei!

É difícil de concentra nisso sem ler, mas a história ocorre na era vitoriana e é um Steampunk. E como todo Punk, temos atenção às invenções mecânicas e fantasia dos autômatos. Adorei a junção de Submundo e Steampunk, foi muito bem dosada.

Por último, não menos importante, que capa linda! Assim como a primeira série, Anjo mecânico mantém o mesmo padrão e aqueles reflexos coloridos quando exposto a luz. E a diagramação é igual a Instrumentos Mortais também, simples, mas bela.

Então, vale apena ler. Podem até ler este livro sem ser Cidade dos Ossos, pois não tem spoiler, mas tem relação. Recomendo, favorito a leitura e rezo pela continuação.

18 comentários:

  1. Eu quero saber o que acontece! Que final foi aquele? Esperei o livro todo por aquela cena e só apareceu no final. Morre pelo outro agora =/
    Mas adorei o livro, é bom.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh, o final é de enfartar, certamente. @-) Como você pode ver, realmente amei o livro.

      Excluir
  2. Gosto muito da série Os instrumentos mortais e li Anjo mecânico por causa dela. Gostei muito do livro e estou ansiosa para o lançamento da continuação.

    ResponderExcluir
  3. Eu quero muito ler Instrumentos mortais, pois acho as capas incríveis e as críticas são muito positivas. Mas nunca tinha visto este série de Peças infernais, mas achei bem bacana também! E sua resenha está ótima! Parabéns :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia mesmo, vale apena, Fran! Não tenho palavras para dizer sobre as capas, porque são mais que lindas.
      Que bom que gostou da resenha. :-)

      Excluir
  4. esse livro parece ser muito interessante, a capa esta misteriosa , adorei ... a resenha ficou otima!

    ResponderExcluir
  5. Eu não gostei de Cidade dos Ossos, então não tenho vontade de ler mais nada da autora. Uma pena porque vejo todo mundo falando bem, mas... fazer o quê?
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Incrível, primeira vez que vejo alguém dizer que não gostou de Cidade dos Ossos. Mas quem sabe você não goste deste livro?

      Excluir
  6. Nunca li nada da autora, mas fiquei extremamente curiosa com este universo criado por ela. Algo bastante incomum e peculiar.
    Gostei da história e se um dia der certo, vou ler sim!
    bjs

    ResponderExcluir
  7. Sou louca pela série Os instrumentos Mortais e li os três primeiros livros e já estou com o quarto a caminho da minha casinha..kkk.
    Os livros são d+ e tenho certeza que essa série com o mesmo mundo dos caçadores de sombras e tals é perfeita tb!

    bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh, não vejo a hora de ler o quarto!
      Sim, você está absolutamente certa, Anjo Mecânico é tudo isso.

      Excluir
  8. Oi, tudo bom?
    Deve ser ótima essa série, amei essa sua resenha.

    Território das garotas
    @territoriodg
    Bjss *-*
    Passa lá no blog?
    http://territoriodascompradorasdelivro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Fui atraído pela capa e pelo nome, alem de ser como um preludio de uma das minhas series de livro preferido, adorei sua resenha despertou meu desejo de ter este livro!

    ResponderExcluir
  10. Olá meu nome é Joelson Santos.
    Obricado pela indicação da leitura, pois eu ainda não conheço a obra mas, já encomendei pelo link que você recomendou na descrição.
    O seu trabalho Jessica Cristina é maravilhoso e eu, gostei muito do seu blog, parabéns pelos conteúdos de qualidade!.
    Você já leu? "A virgem sedutora" é uma obra belíssima que se iniciarar apartir de um acidente, onde a figura do homem ficará apaixonado por uma mulher mesmo tando inconsciente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, nunca ouvi falar desse livro, mas vou pesquisar. Obrigada pela indicação.

      Excluir
  11. Ainda não li Cidade dos Ossos, mas já li Anjo Mecânico e adorei, na verdade amei. Não há palavras para expressar o que sentir lendo este livro, a escrita da Cassandra me cativou e me apaixonei pelo livro. Não vejo a hora de ler Príncipe Mecânico, estou contando os dias!

    ResponderExcluir
  12. Nossa resenha interessante,estou lendo da Cassandra,Cidade das Cinzas e estou apreciando muito
    A capa do livro é interessante.
    Na expectativa para ler e acompanhar a história de Tessa,gostei do enredo,personagens,mistérios...

    ResponderExcluir
  13. Eu estou esperando sair o ultimo livro de Os Instrumentos Mortais para poder finalmente ler As Peças Infernais, estou me roendo aqui para esperar porque ao meu ver pegar antes de terminar Os Instrumentos Mortais não faz qualquer sentido já que é um spin-off, seria a mesma coisa de eu não terminar de ler Academia de Vampiros e ir para Laços de Sangue. Enfim, eu adorei sua resenha ela me passou o necessário para eu saber que vou amar cada segundo deste livro assim como tenho amado Os Instrumentos Mortais.
    Ah, e concordo totalmente com você... A capa é perfeita assim como em todos os livro, a Cassandra teve muita sorte com seu capista, pois tem alguns que pelo amor de deus né? fica fazendo trabalho de preguiçoso u.u uahsuahsuahsu

    ResponderExcluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :( :) :| :-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

Antes de comentar:

Como comentários é uma extensão para os leitores explorarem suas ideias com relação ao post, a forma de vocês serem ouvidos também, é algo mais que importante, sendo assim, criei algumas regras.

- Todo comentário precisa ser aprovado antes de aparecer.
- Não peça parceria nem divulgue seu blog nos comentários. Utilize o formulário de Contato para tanto.
- Não utilize palavras ofensivas nem palavrões.
- Sempre faço o possível de comentar nos blogs de quem comenta aqui, mas não cobre e nem comente apenas na intenção de receber um comentário no seu, pois nem sempre poderei retribuir.

Cris está lendo...

 
Layout por Cris Sanlim | Hospedado pelo Blogger | Voltar ao topo